Coletivo TAE – Jurerê Jazz 2017

Nessa última segunda-feira, foi dia de finalmente conseguir registrar uma apresentação do Coletivo T.A.E no Jurerê Jazz Festival, grupo esse encabeçado pelo amigo e baixista Tie Pereira. Digo isso pois foi fotografando um ensaio do Coletivo (última foto abaixo) que dei início ao Bom Tom Instrumental. Infelizmente não consegui fazer o registro da apresentação do grupo algum tempo depois, show no TAC 7:30, porque eu tinha uma viagem inadiável para o Mato Grosso do Sul, então, acabei perdendo tal.

Lembro até mesmo que, pouco tempo depois disso, tentei concorrer a um prêmio/bolsa de uma renomada revista de fotografia para que, com o prêmio, fotos do mesmo projeto e portfólio em mãos, o trabalho viesse a aparecer nas páginas da mesma publicação assim como finalizar em uma pequena exposição fotográfica. Não deu certo e isso não foi de todo negativo visto que metas, objetivos e justificativas, ou seja, nada estava bem alinhavado e tudo um tanto disperso.

A mudança mais significativa, desde então, é o fato de agora registrar as apresentações de música popular instrumental e não somente jazz, como de início. Essa pequena alteração se fez necessária uma vez que o cenário jazz é pequeno, apesar de constante, logo só apareceriam sempre os mesmos músicos nas fotos. Optando por música popular instrumental fez com que eu tivesse uma gama maior de possibilidades, inclusive muitas coisas próximas e mescladas ao jazz.

Clique no link e conheça o trabalho do Coletivo T.A.E. http://bit.ly/2pucMex

Formação:
Tie Pereira – baixo
Vitor Miranda – guitarra
Mauro Borghezan – bateria
Fábio Mello – sax

(clique nas imagens para aumenta-las)

Fotógrafo aficcionado por retratos. Um curioso pela música. Um apaixonado pelo cinema. (contato@bomtom.net)

Leave a Reply